» mais
Luiz Gonzaga Bertelli
1d67c7fcc4fc9af43b355fb1c71720ac
Sexta, 07 de fevereiro de 2014, 14h52

CIEE 50 anos: sempre a favor do jovem

Em fevereiro, o CIEE completará meio século de dedicação à formação profissional da juventude e apoio assistencial às suas famílias. O sucesso dessa relevante ação filantrópica é comprovado quantitativa e qualitativamente. Contabilizando apenas os carros-chefes do CIEE, chega-se à impressionante marca de 13 milhões de estudantes encaminhados a estágio e 180 mil jovens de 14 a 24 anos inseridos em programas de aprendizagem. Com um diferencial: nenhum deles dispendeu um centavo sequer para contar com todos os serviços do CIEE, que incluem, além da administração do contrato de estágio ou aprendizagem, cursos presenciais e à distância de desenvolvimento pessoal, profissional e estudantil.

 No outro campo dos benefícios da formação profissional, não é nada difícil capturar histórias de superação, relatadas por jovens que tiveram suas vidas mudadas pelo CIEE. O mais recente exemplo: um dos beneficiados acaba de ganhar notoriedade mundial: Marco Gomes, de 27 anos, foi o grande vencedor do World Technology Awards, na categoria Comunicação e Marketing. O prêmio reconhece os profissionais mais inovadores do mundo nas áreas de ciência e tecnologia.

Gomes cresceu no Gama, cidade-satélite de Brasília, e com muita dedicação pessoal aprendeu alguns segredos da programação de computadores. Durante um estágio propiciado pelo CIEE, travou o primeiro contato com a publicidade, área em que brilharia com a criação de um inovador sistema de propaganda on-line.

Essa história, somadas a milhões de outras, ratificam o acerto da missão do CIEE que, há 50 anos, investe em uma das mais nobres formas de assistência social e de ferramenta do desenvolvimento sustentável: a formação de pessoas para o trabalho. Ao longo de sua história, a entidade criou um complexo leque de serviços que abrangem alfabetização de adultos, inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, oficinas de capacitação presenciais e à distância, cursinhos pré-vestibulares e orientação jurídica gratuita.

Um novo passo foi dado há algumas semanas quando o CIEE se integrou à rede do Via Rápida Emprego e passará a ofertar, no Centro de Capacitação Técnica CIEE Mooca, cursos gratuitos de um a três meses voltados à principalmente à capacitação de pessoas em situação de vulnerabilidade social, como desempregados, mulheres arrimo de família, pessoas com deficiência, participantes dos programas habitacionais e de distribuição de renda, além de reeducandos do sistema semiaberto e egressos do sistema penitenciário. 

Luiz Gonzaga Bertelli é presidente executivo do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), e diretor da Fiesp
MAIS COLUNAS DE: Luiz Gonzaga Bertelli

» ver todas

Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114