» mais
Marcos Bidoia
2ab93cf294a758caee558a736f1c11aa
Sexta, 15 de setembro de 2017, 21h51

Salas de aula para velhos

Quando criança frequentei quatro oitavas séries na escola.
Sim.
Repeti a oitava série por 3 vezes, tendo que frequentar a mesma sala por 4 anos consecutivos.
Em uma época em que os maus alunos realmente reprovavam.
Eu devia ser muito burro, eu sei.
Ou então devia gostar muito mais do verbo brincar do que do estudar.
E de ter novos coleguinhas.
E a cada ano, perdia amigos que avançavam.
Se bem que ganhava outros que adentravam nas novas turmas.
Era um misto de alegria e de tristeza!
Mas uma baita vergonha.
Eu sempre era o mais velho das salas da oitava.
Aquele que não devia estar ali.
Bem...
A vida passa.
E volta e meia tenho que frequentar salas de aula.
Merda de vida que exige que aprendamos sempre.
Hoje, neste dia,
Voltei a frequentar uma sala de aula, sempre preciso voltar a elas.
E novamente, eu vi, era o mais velho ali.
Aliás, o único velho.
Aquele que não devia estar ali... de novo!
Que merda é essa, que sempre sou o mais burro?
Porque os outros de minha idade já sabem tudo?
Já devem ter aprendido tudo e não precisam mais nada.
Eu continuo atrasado, retardado... tendo que aprender.
Sempre correndo atrás.
Na sala do curso de hoje olhei à minha volta.
Quantos jovens cérebros que com poucas explicações devem aprender tudo.
Na verdade nem olhei muito.
Deviam estar me estranhando.
"Nossa, ele já devia saber tudo nesta idade!".
Já.
Mas não aprendi. Sei lá porquê!
Acho que é a síndrome da oitava.
Preciso estar lá. Devo ter passado sem méritos mesmo na quarta vez delas.
Vejam só.
Hoje,
Até o mestre era mais novo que eu.
Bem mais.
Os alunos da sala de hoje eram os de sempre no começo de cada novo ano de oitava série.
Tão mais novos e inteligentes.
Que vergonha! Que vergonha!
Vi na turma um menino que já conheço bem.
Na minha turma de hoje estava sentado em uma "carteira", meu jovem filho.
Aprendíamos então hoje, juntos, o que eu já deveria saber e ainda não sei.
Me senti envergonhado de novo,
Como a cada novo colega novinho dos anos novos das oitavas repetidas.
Mas ao mesmo tempo tão feliz pelo novo coleguinha
Que definitivamente cheguei à conclusão
De que repetia às oitavas e busco aprendizagem
Pelo sabor da brincadeira e pelos novos coleguinhas.
(.... quem tem a sorte de frequentar uma sala de aula com seu filho? Como é bom ser burro nestas horas)

15/09/17 16' o.D 

Marcos Bidoia é vendedor de parafusos e ferramentas em Primavera do Leste - Mato Grosso.... E filho de José Bidóia, o poeta das estradas.
MAIS COLUNAS DE: Marcos Bidoia

» ver todas

Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114