Artigos

Réquiem a Paulo Leite
Kleber Lima
Por um Mundo Melhor
Kharina Nogueira
Triste traste
Fernando Parracho
Injustiças na aposentadoria
Ruy Martins Altenfelder Silva
Ares da Arena
Francisco Faiad
» mais
Comentar           Imprimir
Política
Quarta, 15 de agosto de 2012, 12h28

Riva defende expansão da ciência e tecnologia em MT


Para expandir e fortalecer o ensino profissionalizante, Mato Grosso poderá implantar o Centro de Divulgação de Cultura e Conhecimento. A iniciativa foi sugerida pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PSD), durante o lançamento da 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, realizado na ultima segunda-feira (13), no auditório Milton Figueiredo do legislativo estadual.

Com o tema pautado na sustentabilidade, economia verde e erradicação da pobreza, o evento acontecerá simultaneamente em todo o país de 15 a 21 de outubro deste ano. Em Mato Grosso, será realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

O objetivo da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é debater estratégias e mudanças necessárias para uma economia verde que, em conexão com o desenvolvimento sustentável, contribua para a erradicação da pobreza e a diminuição das desigualdades sociais.

Ao defender a implantação do Centro de Divulgação de Cultura e Conhecimento, Riva questionou a falta de investimentos no setor, em especial, à Empaer, que segundo ele, é uma empresa que poderia ser a mola propulsora da agricultura familiar, levando tecnologia para o campo em benefício aos pequenos produtores. O parlamentar também destacou as dificuldades para colocar em prática o sistema de pastagem Voisin, em Mato Grosso- processo que permite aumentar o rebanho sem aumentar a área de pastagem.

Atribuindo as dificuldades do setor à falta de planejamento do Estado, Riva destacou as ações municipalistas da Assembleia pela redução das desigualdades regionais, que inclusive resultou na publicação do livro ‘Desigualdades Regionais’, 2ª edição, idealizado por ele e publicado pelo Poder Legislativo. A obra é um retrato da situação econômica e social dos municípios mato-grossenses.

Para o parlamentar, será preciso uma ação audaciosa com investimentos pesados no ensino profissionalizante para fomentar a área industrial. “Não adianta aumentar a produção. É preciso gerar emprego e renda com a industrialização da nossa produção”, avaliou.

A secretária estadual de Ciência e Tecnologia, Áurea Regina Alves Ignácio, explicou a importância da difusão do conhecimento para que chegue à população menos favorecida. “Pretendemos mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação. Pretendemos mostrar a importância desse evento para a vida de cada um e para o desenvolvimento do país”, concluiu.

Para o deputado federal e ex-secretário de Ciência e Tecnologia, Eliene Lima (PSD), a iniciativa chama a atenção do Governo Federal para priorizar os investimentos no setor. “Ainda temos muito a avançar. Os recursos não atendem a demanda e por isso, trabalhamos para ampliar o ensino profissionalizante, estimulando a participação de todos”, disse Eliene.

Nesta edição, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia destaca a Assembleia Geral das Nações Unidas, que declarou 2012 como o Ano Internacional da Energia Sustentável para Todos. A ONU está estimulando todos os países a realizarem atividades com o objetivo de aumentar a consciência coletiva sobre a importância deste tema, por meio de ações locais, regionais e internacionais. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Os trilhos do VLT no elevado da UFMT servem pra quê?

Enganar os gringos?
Achar que todos são idiotas?
Burrice do marketeiro?
Silval pirou o cabeção!
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114