Artigos

Operação Carne Fraca: consequências
José Otávio Menten
Sabendo por edital
Gisela Simona Viana de Souza
Dia Mundial do Rim
Paiva Neto
Perfil do emprego em Mato Grosso
Maurício Munhoz Ferraz
Doença do beijo
Ernani Caporossi
» mais
Comentar           Imprimir
Polícia
Quarta, 11 de julho de 2012, 13h24

Defensoria Pública do Estado assina nesta quarta-feira termo de adesão ao PDI


Presidente do TCE-MT, José Carlos Novelli durante apresentação do PDINesta quarta-feira, dia 11/07, às 15 horas, o defensor público geral em exercício, Hercules da Silva Gaíva e o 2º sub defensor geral, Marcos Rondon, assinam junto com o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso, José Carlos Novelli, termo de adesão ao Programa de Desenvolvimento Institucional – PDI. A Defensoria Pública é o primeiro órgão público do Estado a aderir ao programa com objetivo de desenvolver seu primeiro planejamento estratégico.

O Tribunal de Contas de Mato Grosso lançou o PDI no dia 25 de junho para os prefeitos dos oito maiores municípios de Mato Grosso. O programa será desenvolvido pelo TCE-MT com objetivo de melhorar a eficiência dos serviços públicos mediante a transferência de práticas de gestão e tecnologia aos gestores públicos. Para o presidente do TCE-MT, conselheiro José Carlos Novelli, “o PDI será um dos carros-chefe do Tribunal e que reforça a função orientativa aos fiscalizados na melhoria dos indicadores sociais e da gestão pública”, disse.

O PDI compreende cinco projetos macros com diversos subprojetos focados em fomentar a prática do Planejamento Estratégico, na transparência e no avanço tecnológico. “É hora de avançar mais no desenvolvimento da administração gerencial nos órgãos fiscalizados e na parceria com a sociedade civil para o exercício efetivo do controle social”, finalizou oi presidente.

A proposta do TCE-MT é oferecer apoio na elaboração de Planejamento Estratégico das unidades gestoras com períodos de no mínimo cinco anos. Por meio da experiência do TCE-MT, os fiscalizados serão instrumentalizados com cursos de capacitação. Em princípio terá como foco os municípios maiores: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Tangará da Serra, Siinop, Sorriso e Barra do Garças. Para o biênio 2012-2013 será oferecido apoio para 20 municípios, no entanto todos os 141 municípios podem ter acesso aos software do Planejamento Estratégico e de outras ferramentas do TCE-MT. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

O que esperar do governo Pedro Taques em 2017

Vai sobreviver
Não vai sobreviver
Retomará a condução política
Segue o mandato indiferente
Não é problema meu
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114