Artigos

Consciência negra e a realidade dos negros do Brasil
Arilson da Silva
Taxa de parto
Gabriel Novis Neves
O peru natalino
Américo Corrêa
Lição das urnas
Rodrigo Vargas
Mujica e os brasileiros
Fabio Carvalho
» mais
Comentar           Imprimir
Mundo
Segunda, 06 de agosto de 2012, 12h34

Irã pede apoio à Turquia e ao Catar para resgatar os 48 peregrinos sequestrados na Síria


As autoridades do Irã apelaram à Turquia e ao Catar para que ajudem no resgate de 48 peregrinos sequestrados ontem (5) nos arredores de Damasco, na Síria. O ministro das Relações Exteriores do Irã, Ali Akbar Salehi, conversou por telefone com os chanceleres dos dois países em busca de apoio para retirar os peregrinos que estão em poder do que consideram rebeldes.

O Consulado do Irã na Síria e o governo sírio responsabilizaram os grupos armados pela ação. O governo iraniano rejeita sanções à Síria nas negociações da comunidade internacional. Ontem o grupo de peregrinos iranianos, todos xiitas, foi sequestrado enquanto visitava o santuário no subúrbio de Sayyida Zainab.

Todos os anos, milhares de iranianos peregrinam para Sayyida Zainab. Antes dos conflitos na Síria, cerca de 700 mil peregrinos iranianos iam todos os anos à Síria para visitar o túmulo de Zaynab, filha o imã Ali, um local de peregrinação xiita em Damasco.
Mas a região foi palco de intensos combates nas últimas semanas. Há informações, não confirmadas oficialmente, que entre as vítimas estejam integrantes dos Guardas da Revolução do Irã.

Nos últimos meses, 32 iranianos foram sequestrados por grupos armados na Síria. Do total, 27 foram libertados devido à intervenção da Turquia. A Turquia apoia a oposição síria. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Sem a vitrine da Copa como você vê a administração Mauro Mendes em Cuiabá

Ótima
Razoável
Deficitária
Um caos
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114