Artigos

Infeliz o povo que depende de uma eleição
Amadeu Roberto Garrido de Paula
Nossa democracia tem solução - e não é intervenção
Fellipe Corrêa
Restaurar o futuro
Coriolano Xavier
Saúde e fake news
Luiz Evaristo Ricci Volpato
As Redes Sociais podem acabar?
João Alves Daltro
» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Terça, 20 de fevereiro de 2018, 10h14

PGE Itinerante atende Cáceres e municípios vizinhos de 26 a 28 deste mês


.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) realiza de 26 a 28 deste mês a 5ª edição do projeto PGE Itinerante, desta vez, no município de Cáceres. Serão três dias de atendimento à população local e de cidades vizinhas na Agência Fazendária.

O horário de atendimento será das 8h às 18h. A procuradora-geral do Estado, Gabriela Novis, explica que procuradores e servidores da PGE estarão à disposição dos contribuintes, principalmente para aqueles que estão com pendências com o Estado e encontram alguma dificuldade para chegar até Procuradoria.

Atualmente, o atendimento aos contribuintes do interior tem sido apenas por e-mail. Este tipo de serviço deve ser ampliado, ainda neste primeiro trimestre, por meio de um sistema que está sendo desenvolvido pela procuradoria.

O subprocurador fiscal, Leonardo Vieira, alerta aos contribuintes para procurar o atendimento, oportunidade em que poderão fazer consulta de débitos inscritos em dívida ativa. Seis servidores da PGE, contando com duas procuradoras, vão estar à disposição do público.

“Estamos tornando nosso trabalho mais célere e nos aproximando do cidadão. Nossa proposta é interiorizar os serviços da PGE gradativamente”, observou o subprocurador. “Estamos atentos à demanda da população e a necessidade de expandir os serviços da Procuradoria e este projeto é uma forma de chegar até o mais longínquo município”, reforça a procuradora Gabriela Novis.

A PGE Itinerante atua paralelamente à Caravana da Transformação, que no início de março, estará em Cáceres, porém, tem a meta de abranger 18 municípios. A Procuradoria também prestará os seus serviços durante a caravana, entre os dias 1 e 3 de março.  


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Você concorda com uma candidatura do vice Niuan a deputado estadual?

Não - pois se Emanuel for cassado Cuiabá ficará sem prefeito.
Sim - pois é direito dele como político.
Tanto faz, Mauro Mendes também não teve vice.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114