Artigos

Itsiwaihu, Maldonado...
Flávio Ferreira
61ª - A sentença daquilo que se plantô
Alessandra Rosa Da Silva Carvalho
Cassinos, impostos, família...
Alberto Romeu Pereira
Vinte e dois, querido?
Marcos Bidoia
Em defesa dos aposentados
Marcos Lemos
» mais
Comentar           Imprimir
Interior de MT
Sexta, 20 de julho de 2012, 14h34

Unemat pede apoio para liberar recursos para Centro de Referência em Direitos Humanos de Cáceres


A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) participou, nos dias 18 e 19 de julho, em Cuiabá, da Caravana de Direitos Humanos promovida pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República, com apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh). A Unemat esteve representada pela pró-reitora de Extensão e Cultura, Leila Delmadi, estudantes, professores.

Na oportunidade, a comitiva da Universidade, juntamente com membros da comunidade cacerense, juntou-se à secretária adjunta de Direitos Humanos, professora Vera Araújo, ao secretário da Casa Civil, José Lacerda, e ao próprio governador Silval Barbosa, para pleitear junto à Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes, a priorização na liberação dos recursos do Projeto Centro de Referência em Direitos Humanos de Cáceres. Esse projeto foi apresentado pela professora Drª Edna Sampaio ao edital nacional e foi aprovado em junho deste ano.

A professora Leila Delmadi destaca que o projeto aprovado é um projeto de extensão em interface com a pesquisa de importância fundamental para a comunidade cacerense e para a Unemat, pois, além de atendimento às vítimas de violação aos Direitos Humanos, pretende abrir campo de pesquisa acadêmica nessa temática e, ainda, promover a formação de agentes jovens que contribuam para difusão da cultura de Direitos Humanos no município de Cáceres. “Esse é um passo importante para ampliar as relações interinstitucionais da Unemat no fortalecimento da política de Extensão, articulada à pesquisa e ao compromisso com a sociedade local”, diz a pró-reitora. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Cuiabá e VG comportam economicamente tantos shopping's?

Sim, porque atraem clientes.
Não e haverá risco de estagnação.
Poderá haver quebradeira no setor
Haverá público, mas não consumo.
Agregando atrativos (faculdade, hotéis) compensará.
Vamos ver daqui 3 anos.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114