Artigos

Injustiças na aposentadoria
Ruy Martins Altenfelder Silva
Ares da Arena
Francisco Faiad
Julier e o sal de bário
Jorge Maciel
Armazém dos Amigos de Cuiabá
Enildes Corrêa
Equilíbrio do tempo...
Pedro Nadaf
» mais
Comentar           Imprimir
Variedades
Quarta, 06 de junho de 2012, 20h36

UFMT participa de missão oficial à Noruega


assessor de Relações Internacionais da UFMT, professor Paulo Teixeira de Sousa Jr, participou, de 29 de maio a 01 de junho, de uma missão à Noruega, quando o país apresentou seu sistema de ensino e pesquisa e manifestou interesse de participar do programa Ciência sem Fronteiras. Participaram, também, representantes das Universidades federais de Sergipe (UFS), Pernambuco (UFPE), de Minas gerais (UFMG), do Rio Grande do Norte (UFRN), do Rio de Janeiro (UniRio), as estaduais de São Paulo (Unesp), do Rio Grande do Sul (Uergs) e a Universidade de São Paulo (USP) além do coordenador para programas de Cooperação Sul-Norte da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Luís Filipe de Miranda Grochocki, e do primeiro secretário da Embaixada Brasileira em Oslo, Paulo José Chiarelli Vicente de Azevedo.

O grupo foi recebido por altas autoridades do Ministério da Educação e Pesquisa, do Ministério das Relações Exteriores e pelo presidente da Academia de Ciências e Letras da Noruega, Nils Christian Stenseth, que deram as boas-vindas e apresentaram o sistema norueguês de ensino e pesquisa. De acordo com o professor Paulo Teixeira, eles ressaltaram “o alto grau de autonomia das IES norueguesas e manifestaram o interesse de universidades daquele país em participarem do programa Ciência sem Fronteiras, informando que há dois anos foi assinado um acordo de cooperação entre o Brasil e a Noruega”.

A comitiva participou também de reuniões com as principais universidades norueguesas, nas cidades de Oslo, Bergen, Trodheim e Stavanger. Grande parte dessas universidades mostrou interesse em cooperações nas áreas de meio ambiente, energia renovável, petróleo e gás natural.

Os representantes das instituições brasileiras apresentaram as suas instituições, ressaltando as áreas de maior potencial para cooperação. “No caso da UFMT, espera-se para breve a assinatura de diversos convênios bilaterais de cooperação, viabilizando a mobilidade estudantil e a cooperação acadêmica em diversos níveis”, diz o assessor de Relações Internacionais. A Capes anunciou para breve o lançamento de um edital para a Noruega, no âmbito do Programa Ciência sem Fronteiras. 


Comentar           Imprimir


Busca



Enquete

Os trilhos do VLT no elevado da UFMT servem pra quê?

Enganar os gringos?
Achar que todos são idiotas?
Burrice do marketeiro?
Silval pirou o cabeção!
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114