Artigos

Dois + dois = cinco
Sidney Coldibelli
Acabar com o 'tanto faz'
Pedro Cardoso da Costa
Revolução no agronegócio: ILPF
José Luiz Tejon Megido
Um chamado para empoderar jovens
Ban Ki-moon
Hiroshima
Paiva Neto
» mais
Né !

Golzinho apronta na BR 070 e segue 'de boa'

Sexta, 26 de agosto de 2016

Um cidadão, contribuinte, viajava na noite do dia 14 de agosto passado pela BR 070 para a cidade de Primavera do Leste (220k a sudeste de Cuiabá) e no trecho após Campo Verde foi ultrapassado por um automóvel Gol, de cor verde, modelo 'bola'. Na ultrapassagem, em uma curva, o condutor do Gol por pouco não 'empurrou' para fora da pista um casal (já de média idade) que seguia em uma motocicleta.

O veículo manteve em alta velocidade pelos 100 km adiante sempre provocando infrações no trânsito. Em várias vezes diminuia a velocidade para 60 km e 'segurava' o trânsito, mas quando ultrapassado corria de forma competitiva até retomar a dianteira. Tal atitude aconteceu por pelo menos cinco vezes.

Nas proximidades de uma cachoeirinha à beira da rodovia (que é entrada de uma fazenda) o motorista ultrapassou dois automóveis e um ônibus em faixa contínua. 

Além do motorista, havia mais uma pessoa no banco da frente. Os movimentos eram suspeitos. Ora se curvando, ora aparentemente 'dançando'. Sempre em alta velocidade. Uma camionete que os seguia chegou a 140 km-h.

Preocupado com a situação, o condutor do veículo que vinha atrás do Gol ligou para o telefone da 191 da Polícia Rodoviária Federal - PRF-e após três tentativas acabou falando com um atendente. Passou os detalhes, alertou que o 'infrator' passaria pelo posto da PRF em Primavera do Leste a cerca de 20 minutos, pediu providências.

Contudo, às 20h38 o veículo passou de 'boa' na PRF de Primavera do Leste. Lá dentro 2 ou 3 policiais. O cidadão parou e contou a situacão. E frisou que por pouco não foi atingido por uma latinha de bebida lançada pelo carona do Gol. O policial rodoviário federal apenas ouviu o relato e disse que 'não havia chegado nada' para ele.

A indignação do 'dedo duro' foi ter se exposto ao risco, preocupado que uma trajédia poderia ocorrer com inocentes e, sobretudo, por não ter dado em nada. 

Hemorróidas do Senador

Quinta, 25 de agosto de 2016

Sobrou para os Senadores de Mato Grosso um comentário na página de Leo Gonsaga de Medeiros sobre a atuação da senadora Katia Abreu. Interagino a postagem do titular, Welinton Pasdiora provocou (aparentemente Blairo Maggi) ligando sua postura de que 'também já esteveem todos os polos. E, Leo instiga: tem outro lá de Roo (Rondonópolis) para quem o povo pagou implante de cabelo". Na sequência entra Antonio Felix Felix que 'denuncia': Como foi feita a cirurgia de implante, vc sabe? E completa: O cidadão, à beira da calvicie, apavorado, apelou par ao plano do Senado [...] como não autorizaram apelou para uma cirurgia de hemorróidas. Pronto, resolvida a questão com a nossa grana" - sentencia Antonio Felix. 


Wellington Fagundes, então deputado federal.


O assunto em questão foi tema de debate
entre o ex-governador Rogério Salles (PSDB) e Wellington Fagundes (PR) - (que disputavam uma vaga ao Senado em 2014). 

Salles em público insinuou que Fagundes tenha feito implante de cabelo mas que teria pago com dinheiro público como se fosse cirurgia de hemorroidas.

“Ilegal seria se eu tivesse feito um implante de cabelo, mas declarar ter feito uma cirurgia de hemorroida”, disparou Salles.

Taques e o fiscal

Quarta, 24 de agosto de 2016

Pelo semblante o governador Pedro Taques não estava muito animado quando posou hoje para a foto com o personagem Fiscal do Lixo, durante a inauguração do Memorial Rondon, no distrito de Mimoso, em Santo Antônio de Leverger.

.

 

Pode ser que seus animos melhorem ou piorem de vez ao ver melhor a foto com o 'biquinho' e cara de 'mimo' de Hélio Gomes, que aparece grudado em Taques. 

Brincadeira à parte, o personagem tem um grande trabalho de conscientização, principalmente entre as crianças e adolescentes por onde atua.
 

 

Fonte, jornalista e leitor...

Segunda, 15 de agosto de 2016

 

Para o leitor que tem cobrado dos jornalistas informações sobre acidentes nas rodovias federais de Mato Grosso, dá só uma olhada no volume de informação as vezes chega para as redações. E quando o cidadão, leitor, critica jornalista por não informar o nome das vítimas, é pelo fato de que a PRF não divulga nomes. A regra é que os jornalistas procurem o IML ou a Polícia Judiciária Civil. Uma prática desnecessária, já que é lavrado o Boletim de Ocorrência pela PRF.

Assessor, futuro empresário

Terça, 09 de agosto de 2016

Chega informação de que um antigo assessor de imprensa de um importante órgão público está se tornando o mais novo empresário do setor de comunicação em Cuiabá.

Consta que já tem sala montada no centro da cidade e vai atuar via internet. 

Ao que consta a pessoa usa e abusa em  menosprezar os veículos de comunicação de Cuiabá, principalmente sites de notícias.

O moço não cansa de dizer que uma empresa de São Paulo (contratada a preço de ouro pelo tal órgão), desclassifica os sites da Capital por uma série de análises, etc e tal e a tal empresa dita a regra como estabelecer recursos de mídia.

Porém o tal futuro empresário rasga dinheiro sem dó em impressos do órgão que ele 'comanda', gasto com todo tipo de coisa como apostila, cartilha, livro, memórias, etc. 

Tem ainda eventos, seminários, coisas do gênero por onde escorre dinheiro pelo ralo.

O intrigante é que quando o elemento ocupa-se de um cargo de poder público ele simplesmente se transforma e anda de ombros com os grandes veículos de comunicação (dois ou três), achando que é o céu.

1 - 2 - 3 - 4 - 5

Busca



Enquete

O que representa, na sua opinião, a redução do período de campanha eleitoral?

Pouco tempo para conhecer propostas.
Falta divulgação antes das convenções
Candidatos com menos recursos serão prejudicados
Tempo suficiente para apresentação de propostas
Tanto faz
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114