» mais
Né !

Maggi e a comida do presídio

Terça, 25 de julho de 2017

.

Imagem de 04 de Fevereiro de 2005 mostra com amplo saudosismo o então governador Blairo Maggi em um almoço no Palácio Paiaguás com a comida que era preparada para os reeducandos do Pascoal Ramos. Participaram do almoço o secretário de Projetos Estratégicos, Cloves Vetoratto e a empresária Carlina Jacob.

Parrillas do meio-fio

Terça, 18 de julho de 2017

Circula nas redes sociais fotos mostrando um funcionário do sofisticado restaurante Uruguayo Parrilla lavando as grelhas no meio-fio da rua, bem próximo de uma boca de lobo da rotatória do trevo do bairro Santa Rosa, onde está instalado o comércio.

Nas fotos foi inserida a frase: "ai você paga 200 na parrilha, mas a grelha tem aquele talento pra ser lavada"

Além do preço do cardápio ser considerado, o estacionamento também é à altura do sofisticado ambiente. Muito apreciado, por sinal.
 

.

 

 

Fim dos cargos na UFMT?

Terça, 18 de julho de 2017

O cidadão procura na internet telefone da UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso - buscando falar com um determinado setor, por um motivo já não muito satisfatório.

Liga, o telefone toca e quem atende é uma mensagem eletrônica, que pede para a pessoa procurar o catálogo telefônico da UFMT no site do instituição.

Excelente. Assim vai economizar gente e portanto não precisará mais de concurso público, já que outras funções também estão sendo substituídas. O de professor, por exemplo, pelo Google.

A medida é, sem dúvida, um desrespeito à pessoa que liga no telefone central da instituição. Quem determinou tal 'inovação' não levou em consideração questões básicas, como acessibilidade. Afinal, deficientes auditivos, idosos e tantos outros recorrem ao telefone para 'falar' com os órgãos ditamente públicos.

 

Converseiro oficial

Sexta, 14 de julho de 2017

A qualidade dos serviços públicos de um modo geral é alvo de críticas por parte da população - ou de contribuintes, melhor dizendo.

E, na prefeitura de Cuiabá, o setor de limpeza pública talvez seja pior ainda.

O que mais se observa é um grande número de 'trabalhadores' em um determinado ponto, mas grande parte está mais para conversa e colocar a fofoca em dia.

Basta o cidadão observar para comprovar, como nesta foto abaixo. Ironicamente foi feita pelo fotojornalista Luiz Alves, da assessoria de imprensa da própria prefeitura. Talvez o profissional não tenha atentado para o fato, mas valeu pelo registro.  
 

De sete, cinco embromam e dois trabalham.

Futuro retrógrado

Sexta, 14 de julho de 2017

O governo do Estado e a prefeitura de Várzea Grande estão duplicando a Av. Filinto Muller (do centro a Rodovia dos Imigrantes ao custo inicial de R$ 23 milhões), mas a eterna amnésia ao respeito ao ciclista.

O governo anunciou que vai ter uma 'ciclofaixa' o que seria opção para obra já pronta, antiga. O engenheiro (ou o gestor) deveria definir por ciclovia. Que fosse no canteiro central, ou em um dos lados de uma das vias. Triste e falta de visão de futuro. 

Com a palavra Jayme Campos e o governador Silval Barbosa, já que o engenheiro ou arquiteto responsáveis pela obra não fizeram o dever de casa.

Rafaella Zanol Secid-MT
.

 

1 - 2 - 3 - 4 - 5

Busca



Enquete

A retomada das obras do VLT pode ser:

Palanque político para 2018
Mais uma balela sem fim
Confio na solução do problema
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114