» mais
Né !

Revolta

Quarta, 27 de outubro de 2010

Um pora Dia:  "O perdcão conferido aos maus torna cúmplices os que lhe deram" - Marques de Marica.

Decisão - O apresentador Roberto França bateu duro ontem no seu Resumo do Dia em um empresário do ramo de móveis para escritório que articulou para a suspensão de um contrato para aquisição de móveis escolares.

Mamata - A atitude teria sido uma forma de represália por parte do empresário campeão de "mamar" nas tetas do governo contra um concorrente que havia vendido cerca de R$ 8 milhões ao governo do Estado.

Sem dados

Segunda, 11 de outubro de 2010

Um por Dia: Se ferradura desse sorte, burro não puxava carroça. - De Pára-choques

Inusitado - A Polícia está investigando o roubo de uma torre de 12 metros de altura na cidade de Várzea Grande onde tinha instalados equipamentos de uma estação meteorológica, contendo dados importantíssimos armazenados no computador nos últimos dez anos.

Destino - Segundo a polícia o objetivo dos ladrões é de comercializar a ferragem da torre para empresas de sucata.

Sem dados - Práticas de roubos de bens públicos, como fios de cobre de postes de iluminação, tem sido constatadas pela polícia. Nem sempre os órgãos públicos registram queixa na polícia, apenas fazendo as reposições e consertos, deixando de criar estatísticas que seriam importantes para mapear tal situação e identificar os receptadores.

 

 


Parceria Oi & Procon

Sexta, 01 de outubro de 2010

Um por Dia: "Viver no colo do luxo não é ruim, exceto que você nunca sabe quando luxo irá se levantar." (Orson Welles)

Promessa - A operada de telefone fixo Oi pratica propaganda enganosa em Cuiabá. Há mais de um ano, um cliente adquiriu uma linha telefônica com acesso a banda larga. A disponibilidade da época era de apenas 1 mega e que em breve, a curto prazo, poderia ser ampliada tal capacidade.

ZZZZZZZ - Ocorre que todas as vezes que o cliente liga para a Oi e consegue transpor os degraus de dificuldades, a atendente, também depois de certo tempo de demora, acaba afirmando que não há disponibilidade para a citada localização no bairro Araés.

Tô podendo! - No último contato, na quarta-feira (27) a atendente Marcela respondeu com ironias ao cliente (protocolo 2010157800210) quando lhe cobrada de uma data para efetivamente o cliente ser atendido. "Não tem previsão. O senhor terá de ficar (!) aguardando" -disse Marcela.

Ironias - Quando o cliente sugeriu que a atendente consultasse o departamento técnico da Oi -  para obter ao menos uma previsão - Marcela desprezou a colocação e reforçou, com a sua frase robótica: "o senhor terá que ficar aguardando".

Caolho - Fatos como esse ocorrem com milhares de reféns da Oi e é uma pena que o Procon de Mato Grosso faça vista grossa com as peças publicitárias da operadora que prometem de tudo, não cumprem o que anunciam e acabam abarrotando o órgão "de defesa do consumidor" com processos que resultam em "campeões de queixas".

Máxima - No fundo, até parece que o Procon vive aquela máxima: o mal é necessário para a sobrevivência de alguém. Sendo assim, o órgão não fiscaliza as peças publicitárias que são veiculadas pela operadora Oi, produzidas para o Sul e Sudeste do país, onde a realidade é outra. O resultado: cliente enganado, Procon acionado. Assim, o órgão justifica sua existência.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anda Auro, anda!

Quinta, 30 de setembro de 2010

Um por Dia: "Corte sua própria lenha. Assim, ela aquecerá você duas vezes." Henry Ford

O jornalista Auro Ida, da lista dos experts de jornalismo político em Mato Grosso,  contabilizou quilometros hoje no Shopping Goiabeiras, durante momento que recebeu uma ligação de alguém que - certamente - lhe renderá pautas interessantes.

No mínimo preocupado para que ninguém ouvisse sua conversa, Auro interrompeu seu almoço e deu atenção a pessoa do telefonema, mas com um detalhe: caminhou ao longo de toda a ligação.

Ora ria, ora ficava sério, mas a conversa foi longa, por quase uma hora de celular.

Terminado a ligação e, preparando-se para retornar ao prato, já frio, eis que surge um novo telefonema. A alternativa então foi dispensar a comida e seguir caminho em atenção às suas fontes.

Confira algumas das fotos:

 

 

Fora do ninho

Quarta, 29 de setembro de 2010

Um por Dia: "As injúrias são os argumentos daqueles que não têm razão."  François Fénelon

Desespero - A situação do PSDB em Mato Grosso é tão desgastante que muitos cabos eleitorais e até candidatos a deputados estão em desespero com a falta de dinheiro.
 
À caça - Semana passada o candidato do Nortão, de nome Dr. Paschoal, da região de Alta Floresta, estava em Cuiabá  á caça de qualquer coisa que o fizesse sobreviver. Pelo jeito, não conseguiu nada com o candidato oficial do partido, o ex-prefeito Wilson Santos (PSDB).
 
Fora do ninho - Paschoal não recebeu os recursos da campanha e com isso seu trabalho foi prejudicado na cidade e na região. Em suas andanças, passou pelo comite do candidato adversário, Silval Barbosa (PMDB).
 
 

118 - 119 - 120 - 121 - 122

Busca



Enquete

Você defende que a ferrovia passe por Cuiabá?

Sim, pois incrementará a economia.
Não, pois não temos produtos em volume necessários.
Indiferente
Outro problema como o VLT
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114