Artigos

Réquiem a Paulo Leite
Kleber Lima
Por um Mundo Melhor
Kharina Nogueira
Triste traste
Fernando Parracho
Injustiças na aposentadoria
Ruy Martins Altenfelder Silva
Ares da Arena
Francisco Faiad
» mais
Né !

Bombeiro

Quinta, 06 de outubro de 2005

Mais uma...

Vira e mexe e a empresa Brasil Telecom arruma pra cabeça do cliente. A última agora é que quem tem contrato de acesso a ADSL é obrigado a, toda vez que for acessar a internet, a inserir senha na página da empresa.

Homologar ?

Um usuário ontem, por exemplo, ficou toda a manhã sem conseguir acesso e, ao falar por telefone com a Brasil Telecom, informaram que o equipamento que o mesmo utiliza (da marca SpeedStream, modelo 5200) não é homologado junto a Brasil Telecom.

Quebrando galho

Indignado explicou para o atendente da empresa de telefonia que já utiliza o sistema há quase dois anos, através da própria Brasil Telecom. Do outro lado da linha o funcionário decidiu por liberar o acesso à internet temporariamente.

Policiamento

Afinal de contas, pra que serve o controle da empresa no acesso à internet se o cliente tem que ser policiado e incomodado toda vez que for utilizar o serviço que ele paga, é caro e de má qualidade?

Um lado...

A crise no setor de agronegócios tem gerado todo tipo de informação negativa por parte das indústrias de equipamentos e implementos agrícolas.

Outro lado

Porém, por outro lado, o que se vende de caminhonete de luxo...

Coisa de japonês

Quem gosta de sobá e yakisoba anota ai: Pastel Mania. Na rua Miranda Reis, ao lado da Delegacia Metropolitana. Na condução o japonês Américo, a mulher, filhos e bons atendentes. Sempre às quartas e sextas-feiras. Ah, também tem pastel. Tudo a ver.

Recado

O SesiVida, plano de saúde do Sistema Fiemt, mandou um recado tímido para os donos de hospitais. Em nota afirma que o pagamento de débitos estava acordado por datas, mas que os hospitais não apresentaram suas faturas até o momento. A operadora disse ainda que são apenas dois hospitais com tais pendências, o que não deveria resultar em paralisação, como anunciou o Sindicato dos Hospitais de Mato Grosso – Sindessmat.

Na rua

Começam a ser concorridos os caixas eletrônicos de Cuiabá e Várzea Grande, instalados fora das agências bancárias. Com a greve dos bancários essa é a opção temporária. Porém bastante insegura para a população.

Causa justa

Do reclame por melhores salários (com razão, pois já foi-se o tempo que a profissão representava status) a categoria apresenta uma proposta importante: a ampliação do horário de atendimento ao público pelas agências bancárias.

Perguntar não ofende O governador Blairo Maggi anunciou investimentos ao vizinho município de Várzea Grande. Resta saber se ele não está atuando como bombeiro...

Pó e lama

Terça, 04 de outubro de 2005

Urucubaca

Muito antes de completar um ano de administração o prefeito de Várzea Grande, Murilo Domingos, contempla pela frente uma crise política e administrativa que pode comprometer o gerenciamento da cidade.

Engessada

Apesar de ter representado a mudança, já que a família Campos (o último prefeito foi Jaime Campos pela terceira vez) Murilo não conseguiu criar um grupo de sustentação na Câmara Municipal e com isso - diante de tantos interesses particulares dos vereadores - a cidade está praticamente engessada.

Complicando

Soma-se ao quadro a situação do irmão de Murilo, o empresário Toninho Domingos, envolvido em denúncia de fazer parte de uma quadrilha que sonegava impostos em Mato Grosso.

Sem ação

Há quem diga que o momento de Murilo Domingos é idêntico ao do presidente Lula. Porém, o prefeito estaria faltando com ação para dizer a que veio.

Eu te amo!

Por falar em administração pública, o governador Blairo Maggi prometeu de tudo para Rondonópolis, sua cidade preferida. Disse para o jornal A Tribuna que muitas obras de asfaltamento urbano que estão sendo realizadas na cidade pela prefeitura, já tem contrapartida do Governo do Estado.

Exclusividade

Para 2006, o governo vai fazer um programa específico na área de asfaltamento urbano, e Rondonópolis deverá receber alguma coisa como 100 quilômetros de asfalto.

Pó e lama

O ano que vem vamos estar no programa de habitação, mais focado na área de asfaltamento, porque aqui no Mato Grosso é o seguinte: metade do ano é o pé na lama, e a outra metade o nariz na poeira.

Amplitude

Então fazer asfalto urbano é fazer saúde; fazer saneamento é dar melhor condição de vida para a população. Mas temos várias obras no município.

Botina ou tênis?

E estamos marcando uma maratona de inauguração de obras já feitas ultimamente, afirmou.

Pires na mão

Se o discurso pega, são cerca de 140 municípios para correr atrás do governador. Dai não vai ter lama nem poeira pra contar história.

Perguntar não ofende: quem era aquela pessoa com o J na banca de revistas em frente ao Chopão, no sábado à tarde?

Sem comentários

Sexta, 30 de setembro de 2005

O dobro

Para cada telefone fixo, há dois celulares no Brasil, o que significa o dobro de aparelhos em relação aos fixos. Segundo a Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel), o país fechou o mês de agosto com 78,94 milhões de celulares contra 39,33 milhões de linhas fixas.

Quem perdeu

Enquanto a telefonia fixa perdeu 100 mil clientes em agosto, os celulares ganharam 2,4 milhões de usuários.

Mesmo assim

Isso ainda se considerando uma conta com valor alto e com qualidade ainda engatinhando. Mas a comodidade e mobilidade oferecidas pelos telefones celulares coloca o Brasil numa posição privilegiada - em que pese a questão de poder aquisitivo da população.

Verdade?

Ontem, na inauguração da centrald e distribuição da MT Gás o cerimonial do governo proibiu o acesso de pessoas ao local onde o governador Blairo Maggi abasteceu uma caminhonete.

Ou mentira ?

Tiveram acesso apenas poucos cinegrafistas e fotógrafos. Alguns profissionais, por sinal, ficaram antes da corrente de isolamento.

Exagero

A medida causa uma certa estranheza: ou o governador apenas simulou o abastecimento ou exageraram na questão de segurança, já que o ato aconteceu em um posto de abastecimento, em local isolado, dentro da unidade de distribuição.

Eu existo

Quem observar as fotos produzidas pela imprensa e principalmente pelo fotojornalista Marcos Bergamasco sobre o ato pode observar um ar de eu existo por parte do deputado estadual Sérgio Ricardo.

Espaço

Oportunista, Sérgio - depois que o gás já estava em Mato Grosso - abusou de seus espaços na mídia particular exagerou em propaganda pela distribuição do produto.

Espaço II

Mas Blairo é justo: concedeu a palavra a SR que contou momentos de eterna ternura sobre suas andanças para falar sobre o produto.

Troféu ?

Observando ao redor da obra recem inaugurada da MT Gás, um jornalista não se fez de rogado e tascou: Não nega a fama. olha quanta devastação da natureza para construir isso aqui. Um outro colega rebateu: é, já tão prevendo o futuro.

Outro lado

O super-secretário Antonio Pagot exercitava seu lado humorístico ontem, durante o efeto do GNV. Fez foto com um cidadão comum, aplaudiu e incitava aplausos quando citado o nome do vereador Vicente Vuolo.

Tudo não

Perguntado pelo jornalista Marcos Lemos se o governador teria algum compromisso em reeleger Carlos Brito, Blairo Maggi, mais que depressa se saiu dizendo que isso é outra questão.

Sem comentários

Ainda questionado - por jornalistas - sobre a denúncia contra Toninho Domingos (da Casa Domingos e secretário de Fazenda afastado da prefeitura de Várzea Grande), o governador preferiu não evoluir o assunto.

A revanche

Quarta, 28 de setembro de 2005

Desrespeito

Quem busca atendimento dos serviços do sistema ADSL pela empresa Brasil Telecom enfrenta uma maratona de inconveniências no seu sistema de atendimento on line.

Bem menos

Na verdade, o primeiro grande problema está na falha no fornecimento da capacidade de transmissão de dados que é contratada pelo cliente. Um desses, por exemplo, contratou 300 Kbps de capacidade de utilização de sua Adsl, mas normalmente operava em média com 180 a 230 Kbps.

Justificativa

Reclamado o problema na empresa, uma funcionária da Brasil Telecom disse que nem sempre chega a capacidade contratada, devido oscilações. E sugeriu que o cliente fizesse um novo contrato, ampliando para 600 Kbps.

Na espera

Atendendo o pedido, o cliente agora não consegue ver realizado o serviço. Primeiro, os operadores da empresa disseram que havia problema na linha do cliente - o que não foi constatado por técnicos que avaliaram o local. Depois, que a solução estaria a ser resolvida pelo sistema interno da Brasil Telecom. O que não acontece.

Desinteresse

Afinal: Falta unificarem a linguagem e interesse ou tá sobrando grana no caixa da empresa para dispensar esse tipo de tratamento. Em tempo, o protocolo do cliente é o de número mtos08074491.

Esperança

Só falta agora o cliente contratar os 600 Kbps e receber 300.

Prova do crime

Aliás a própria Brasil Telecom sugere um sistema de verificação da velocidade da adsl: http://super.sisgel.com/speed/speed.asp E que sempre, por sinal, acusa que a capacidade fornecida é inferior a contratada. É ruim, hein!

Muito bom

Vai muito bem o site da Prefeitura de Cuiabá, disponibilizando informações aos internautas das ações da administração, com cobertura de todas as secretarias.

Nova safra

Uma nova distribuidora de combustíveis deve se instalar em Cuiabá muito em breve. Vem do Planalto Central e procura ampliar sua base de atuação.

O joio

Falando nisso, o rigor na liberação para a instalação de empresas do ramo de distribuição de combustíveis estaria a merecer elogios por completo, se não fosse o fato de terem vedado a liberação de uma empresa de São Paulo e facilitado para uma outra - cuja atuação não é tão confiável.

A revanche

Tem gente rindo à toa dentro da Secretaria de Fazenda do Estado. Servidores que atuavam com honradez e lisura sofriam todo tipo de constrangimento por parte da máfia que há anos imperou no órgão.

Passado

Pressões, por sinal, nunca faltaram sobre servidores de cargos de confiança, para facilitarem daqui e dali.

Engessado

Que o diga o pessoal da Delegacia Fazendária que se vê engessado para atuar em alguns setores do varejo.

Peneira

Advogados reclamam das condições das novas instalações do Fórum de Cuiabá. Com a última chuva - informam - seria melhor ficar do lado de fora.

O mesmo

Continua o problema: quem caminha no Parque Mãe Bonifácia continua a insistir da necessidade de reforçar a segurança interna. Tem gente que paga pra ver os policiais da ronda no interior do Parque.

Novo setor

Primeiro foi a gerra das pizzarias, no primeiro semestre deste ano, e final do ano passado. Pelo jeito agora o setor que vai entrar na competitividade é o de churrascarias.

Outras finalidades

Enquanto a prefeitura de Cuiabá não regulamentar por total o serviço de moto taxi, aqueles que trabalham corretamente reclamam do inchaço de pessoas no setor. Boa parte - dizem - com fins ilícitos, como distribuição de drogas.

Picaretas

Terça, 27 de setembro de 2005

Coquetel

- Amanhã, quarta-feira, 28, acontece na Casa Cor Mato Grosso, a partir das 19:30, dois coquetéis juntamente com a visitação pública.

Linha

As empresas Deca e Lafarge recebem clientes e profissionais para apresentação de seus produtos, ambientados na maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do estado, realizada no condomínio Alphaville Cuiabá.


Na área

O radialista e jornalista Dirceu Carlino foi apresentado hoje pela manhã, durante reunião do prefeito Wilson Santos com o seu secretariado, como o novo secretário adjunto de Governo e Comunicação da Prefeitura Municipal de Cuiabá, que tem como titular Ronaldo Rosa Taveira.

Atuação

Dirceu atuou por três mandatos como secretário de Comunicação da Assembléia Legislativa de Mato Grosso e é um dos radialistas mais atuantes do Estado, conhecido pelo seu comportamento crítico e ética profissional.

Ombro a ombro

“Venho para somar esforços com a equipe do prefeito Wilson Santos e, sem dúvida, vamos precisar do apoio de todos neste novo desafio”, comentou o novo adjunto, que já vai participar das discussões em torno da política de divulgação do novo sistema de transporte coletivo da Capital.

Ética

A Ordem dos Advogados do Brasil deve tornar mais acessível à população a relação dos advogados que estão respondendo por processos no Conselho de Ética da Ordem.

Vítimas

Tem muita gente - vítimas, por sinal - que se utiliza dos serviços de vários profissionais que acabam ficando na rua da amargura

Embromação

O argumento mais comum desses profissionais é que o processo está com o juíz, ou que o cartório não o encontrou e por aí afora, numa pura falta de respeito a quem confiou nos trabalhos desses que atuam no mercado.

Picaretas

Não é por nada que em quase três anos as denúncias contra advogados saltaram para quase 1.000% (mil por cento) em Mato Grosso. Isso porque grande parte da população não sabe como recorrer contra tais picaretas.

Campanha

Aliás, bem que a OAB poderia fazer uma campanha do tipo: se você foi vítima de ato de advogado, reclame na Ordem.

Vítimas

Melhor: O grande número de clientes poderia criar a AVA - Associação das Vítimas dos Advogados. Já que existe a AVEM - Associação das Vítimas de Erros Médicos, não seria nada mal.

Dificuldades

Na inauguração do lançamento imagens via sátelite do SBT Mato Grosso, ontem, o jornalista e professor Onofre Ribeiro afirmou que sempre Mato Grosso teve dificuldades para falar com Mato Grosso. Nominou três secretários de Comunicação (ele e Paulo Leite, como ex-s) e José Carlos Dias como atual, que enfrentaram e ainda (até hoje!) enfrentam tal problema.

Facilidades

Onofre, conhecedor profundo da política e da economia estadual, disse que nos próximos anos será enorme o volume de capital estrangeiro que vai cair em Mato Grosso, citando por exemplo a China. Para isso tudo, temos que ter comunicação e integrar o Estado - frisou.

Elegante

O assessor de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral - TRE - de Mato Grosso, jornalista Américo Corrêa, vestia um elegante terno hoje, por sinal, na solenidade do SBT.

Santo Eli

Também presente na solenidade Eli Santoantonio, jornalista.

Reverenciado

Waldemir Félix, que atuou 17 anos no jornal A Gazeta, empresta há sua competência para o jornal Folha do Estado. Foi reverenciado por companheiros e autoridades, também hoje na solenidade do SBT.

118 - 119 - 120 - 121 - 122

Busca



Enquete

Os trilhos do VLT no elevado da UFMT servem pra quê?

Enganar os gringos?
Achar que todos são idiotas?
Burrice do marketeiro?
Silval pirou o cabeção!
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114