Artigos

Imitar
Gabriel Novis Neves
60ª Rima - Um boi pior do que o cão
Alessandra Rosa Da Silva Carvalho
Um pouco de solidão
Wilson Carlos Fuá
Selvageria
Gabriel Novis Neves
O impacto dos impostos na vida
Vilson Nery e Antonio Cavalcante Filho
» mais
Né !

Encontro Maçon

Quinta, 05 de março de 2009

Uma por dia:

Encontro Maçon
Cuiabá sediará o XIV Encontro Nacional da Cultura Maçônica nos dias 17 e 18 de abril de 2009, quando estarão participando maçons de todo o Brasil e do exterior.

Promotores
O evento é promovido pela Associação Brasileira de Imprensa Maçônica, União Brasileira de Escritores Maçons, Instituto Brasileiro de Pesquisas e a Associação Brasileira das Academias Maçônicas de Letras, com organização da Maçonaria Unida Matogrossense e apoio cultural da Revista A Tolha.

A história de Wilson

Segunda, 02 de março de 2009

Uma por dia: Negócio e emoção, nem sempre andam juntos.

Conhecedor
O prefeito de Cuiabá, ex-secretário de Serviços Públicos da gestão Dante de Oliveira, ex-deputado federal, prefeito na segunda gestão e professor universitário é, sem dúvida, o grande responsável pelo caos que toma conta da região conhecida administravamente como Centro Norte, que compreende os bairros Baú, Araés, Consil e Alvorada.

Centrão!
Entre a avenida Mato Grosso e a estação rodoviária de Cuiabá, portanto área central da cidade, o prefeito simplesmente ignorou a região em quatro anos de mandato.

Uma dica:
Wilson, talvez não tenha noção como se chegar aos bairros Araés e Baú, mas pode receber uma dica: ou fazer compras na loja Decorliz, da avenida do CPA ou quando for chamado para alguma intimação no Ministério Público Federal de Mato Grosso.

Vizinho do MPF...
É que os referidos locais simplesmente são a ponta de todo o problema. Pela Decorliz, Wilson Santos pode começar pelos fundos da loja. E no caso do Ministério Público a vergonha está bem à frente, contudo travestida de organizada, com a construção recente de um pontilhão. Vergonhosamente, nenhum Procurador da República viu, ou enxerga o problema que sofrem os moradores da região em meio ao esgoto, drogas, mato...

e também do CREA
Wilson Santos pode, também se quiser (pasmem!!!!!) visitar a sede do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Mato Grosso - CREA- pois o órgão máximo de representatividade dos profissionais da engenharia esconde a vergonha que toma conta da área central de Cuiabá, instalada nos bairros Baú e Araés.

Falta respeito
Vergonha ou falta de respeito por parte do prefeito Wilson Santos que ironiza os problemas da capital, quando questionado por jornalistas, como recentemente o fez em programa de rádio.

Aniversários
Porém, o problema do Baú e Araés vêm de longa data, quando Wilson foi secretário de Serviços Públicos da gestão Dante de Oliveira.

Nada, nada, nada!!!
A verdade é uma só: o prefeito, em quatro anos de mandato, nada fez pelos bairros Araés e Baú. Estão do mesmo jeito, no mesmo abandono pela gestão municipal.

A história de Wilson
Como professor, espera-se que Wilson Santos conte alguma história, sobre a História dos bairros Baú e Araés.

Saída

Sábado, 28 de fevereiro de 2009

Uma por dia: Ora, mais ainda, que melhora.

Saída
Os comerciantes que atuam na Praça Santos Dumont nas tradicionais feirinhas à noite nos finais de semana tomaram uma decisão importante. Imprimiram cartazes e colocam à disposição dos clientes pedindo para que não se dê esmola, naquele local.

Sossego
A iniciativa permitiu que os clientes que vão até o local tenham o mínimo de sossego, já que até recentemente era desagradável o número de pedintes no local.

Coração mole
Qualquer cidadão, de coração mole, ou bondoso, certamente não sairia do local sem doar ao menos R$ 10 na noite.

Visita
Interessante é que ao que parece havia uma combinação entre os pedintes: a pessoa que fizesse a doação, logo em seguida seria visitada por diversos outros pendintes. É mole?

Solta
Também, como a Polícia Militar raramente comparece ao local, a coisa andava solta. Dai prevalece aquela: a união de quem paga os impostos é indispensável para se evitar ser roubado.

Vale dos Esquecidos

Quarta, 25 de fevereiro de 2009

Uma por dia: Ora que melhora.

Vale dos Esquecidos
A prefeitura de Cuiabá, na primeira e na atual gestão do prefeito Wilson Santos, não fez nenhum investimento em melhoria do bairro Aráes, encravado na área central da Capital mato-grossense.

Vale dos Esquecidos 1
Cercado por avenidas como CPA (Rubens de Mendonça), Mato Grosso, Miguel Sutil e Marechal Deodoro, toda a extensão do bairro é simplesmente abandono total.

Vale dos Esquecidos 2
Ruas e praças recebem raramente serviços de limpeza, mas a exemplo dos últimos trabalhos realizados pela prefeitura, o serviço foi interrompido por conta de corte de recursos financeiros - como disseram trabalhadores que informaram ter sido demitidos no meio do serviço.

Vale dos Esquecidos 3
O córrego da Prainha, que liga o bairro Consil a avenida do CPA, totalmente sem urbanização e abandonado, é um obstáculo para o desenvolvimento do bairro. A falta de pontes impede a interligação da avenida do CPA com a parte de cima do bairro.

Vale dos Esquecidos 4
À noite o problema se agrava, pois com ruas tomadas pelo mato e péssima iluminação o risco é iminente para estudantes.

Vale dos Esquecidos 4
Não fosse sua localização na área central de Cuiabá, poderia se aceitar desconhecimento da prefeitura, mas no bairro moram vereadores e políticos influentes.

Vale dos Esquecidos 6
Além disso, todo o problema existe ao fundo da sede do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Mato Grosso - CREA - e da própria sede da Procuradoria Geral da República em Mato Grosso - o Ministério Público.

A promessa

Quarta, 18 de fevereiro de 2009

Uma por dia: Ora que melhora.

A promessa
Um dos grandes problemas da população que mora no distrito de Entre Rios, em Nova Ubiratã, é a distância. São 160 quilômetros de estradas vicinais até a sede do município. E quando o assunto é saúde, as dificuldades tomam proporções ainda maiores. A única ambulância que atende a comunidade, uma Fiorino, está sem condições de uso, apesar das constantes manutenções realizadas pela Prefeitura Municipal.

A promessa 1
A solução está em novo veículo prometido pelo deputado estadual Mauro Savi à vereadora Bernadete Rechmann (PT) durante audiência no gabinete do parlamentar do PR no dia 3 de fevereiro. No entanto, até agora a ambulância não foi liberada e a comunidade continua sem ter como transportar os seus doentes para atendimento médico nas unidades da sede de Nova Ubiratã ou até o Hospital Regional de Sorriso.

A promessa 2
Bernadete explica que as condições são precárias e não satisfaz as necessidades do lugar. “Por várias vezes já deixou de prestar socorro porque quebrou no meio da estrada, os pacientes tiveram que pedir carona para chegar ao centro de atendimento médico”, disso. Segundo ela, houveram casos onde gestantes tiveram que realizar o parto no meio do caminho, em condições precárias.

A promessa 3
“O prefeito Chiquinho e eu já estivemos no gabinete do deputado Mauro Savi, e ele reafirmou que já tem a ambulância. Mas até agora ela não chegou até nós”, ressalta a vereadora. “Então, a gente está nessa espera e acreditando que ela venha para o Entre Rios ainda neste mês de fevereiro”.

118 - 119 - 120 - 121 - 122

Busca



Enquete

Você votaria em Silval Barbosa para prefeito de Cuiabá? (Enquete sem valor cientifico)

Sim, votaria.
Não votaria
É cedo para decidir
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114