» mais
Gabriel Novis Neves
1bc7aa101267a8883474d6f60e3ebe22
Quinta, 17 de julho de 2014, 12h05

Resiliência

Basicamente, em termos psicológicos, resiliência é a capacidade de administrar da melhor maneira possível a adversidade.

Os indianos traduzem isso num ditado que diz: “Isso também passará”.
Aqui na terrinha temos até letra de samba preconizando o “levanta,sacode a poeira e dá volta por cima”.

A vida nesse planeta é cheia de adversidades para todos.
Nada é fácil, e a busca pelo equilíbrio emocional é uma conquista diária.

O brasileiro, de modo geral, tem o péssimo hábito de transferir os fracassos, ou o mau desempenho dos nossos jogadores de futebol, para ele mesmo,como uma incapacidade de ser sempre vitorioso.
É o que aconteceu nesta desastrada Copa do Mundo diante uma preparada Alemanha.

Já não basta o que nos espera após esses trinta dias de circo e fantasia, aliás, vindos em boa hora, já que é imensa a onda de pessimismo que envolve o país nesses meses pré-eleitorais.
De certa forma, transferimos esse pessimismo para todas as arenas em que enfrentamos outros competidores, sempre desmerecendo a nossa atuação.
Aliás, essa identificação de arena com as usadas para torturas nos tempos romanos soa para mim como uma associação maléfica. Mas, faz jus à promoção pela suntuosidade dos espaços.


Voltando às nossas expectativas com relação ao nosso desempenho final na“Copa das Copas”, disputando um desmotivado terceiro lugar é de bom alvitre que, mais do que nunca, façamos uso da nossa conhecida capacidade de resiliência. Isso não aconteceu e, levamos uma gloriosa goleada da Holanda.

Mesmo com as decorrências desagradáveis com dois de nossos melhores jogadores, cumprimos bem o nosso papel de bons anfitriões. Mostramos ao mundo que somos pobres, mas alegres e ‘limpinhos’.
A alegria nata do povo brasileiro e o compromisso com a felicidade poderão ser a grande alavanca para incrementar o turismo no nosso país.

Ao que tudo indica essa grande propaganda internacional foi conseguida,já que todos os jornalistas, através de seus holofotes, deram grande destaque para as nossas belezas naturais e para a espontaneidade do nosso povo.
O auxílio telúrico foi imenso, já que a maioria do país viveu um belíssimo inverno ameno ensolarado.

Vamos torcer para que os nossos dirigentes percebam a necessidade que o momento sugere para novas oportunidades nesse campo, pois essa propaganda nos custou muito caro.
No mais, desejamos ao jovem Neymar um rápido restabelecimento e uma forte resiliência.  

Gabriel Novis Neves é mèdico em Cuiabá e ex-reitor da UFMT
MAIS COLUNAS DE: Gabriel Novis Neves

» ver todas

Busca



Enquete

A onda 'não eleja parentes' pode afetar Emanuelzinho Pinheiro?

Afeta pois o pai prefeito Emanuel foi flagrado no caso do paletó furado.
Não afeta e segue separado dos problemas do pai
Tanto faz, o povo não não leva a sério o voto.
  Resultado
Facebook Twitter Google+ RSS
Logo_azado

Plantão News.com.br - 2009 Todos os Direitos Reservados

email:redacao@plantaonews.com.br / Fone: (65) 8431-3114